Encontre aqui

Carregando...

quinta-feira, 31 de março de 2011

Certificados - Aguardar

Informamos que foram encaminhados às Diretorias de Ensino os certificados de participação no curso “Mediação Escolar e Comunitária”, realizado entre junho e novembro de 2010 e oferecido aos Professores Mediadores Escolares e Comunitários (PMECs).

Pedimos que os professores aprovados no curso de atualização, nos termos da Resolução SE 62/2005, sejam informados para que possam retirar suas certificações.

Vídeoconferência - SPEC

PLANEJAMENTO DO SISTEMA DE PROTEÇÃO ESCOLAR PARA 2011

Data: 05/04/2011

Horário: 13:30h.

Contando com a participação de representantes dos Projetos: Prevenção Também se Ensina e Comunidade Presente e Escola da Família. 

Professores Mediadores - SPEC

Unidades Escolares que necessitam de Professores Mediadores – PMEC
1.      “Educador Paulo Freire” (1);
2.      “Dr. Américo Marco Antônio” (1);
3.      “Julia Lopes de Almeida” (1);
4.       “José Ribeiro de Souza” (1);
5.      “Prof. Oguiomar Ruggeri” (1);   
6.      “Rosa Bonfiglioli” (1);   
7.      “Prof. Fanny Monzoni Santos” (1);
8.      “Antônio Raposo Tavares” (2);
9.      “Prof. Armando Gaban” (2);
10.   “Prof. Ernesto Thenn de Barros” (2);
11.   “Antônio de Almeida Júnior” (2);
12.   “Guilherme de Oliveira Gomes” (1);
13.   “Francisco Matarazzo Sobrinho” (2); 
14.   “Professora Francisca Lisboa Peralta” (2);   
15.   “Prof. Eloi Lacerda” (2);
16.   “Prof. Josué Benedito Mendes” (2);
17.   “Irmã Gabriela Maria Elizabeth Wienkem” (1) e 
18.   “Prof. Alcyr Oliveira Porciúncula” (2).

Quadro completo de Professores Mediadores – PMEC
1.      “Professora Neuza de Oliveira Prévide” (2);
2.      “Jardim Santa Maria III” (2);
3.      “Prof. José Jorge” (2);
4.      “Prof. Fernando Buonaduce” (2);
5.      “Prof. Dr. Luiz Lustosa da Silva” (2);
6.      “Leonardo Vilas Boas” (1) e
7.      “Prof. Gastão Ramos” (1).

Unidades Escolares com um Professor Mediador – PMEC (são as mesmas dezoito)
1.      “Educador Paulo Freire” (1);
2.      “Dr. Américo Marco Antônio” (1);
3.      “Julia Lopes de Almeida” (1);
4.      “José Ribeiro de Souza” (1);
5.      “Prof. Oguiomar Ruggeri” (1);
6.      “Rosa Bonfiglioli” (1) e
7.     “Fanny Monzoni Santos” (1).   
luciocarnauba@ibest.com.br

terça-feira, 29 de março de 2011

Multiplicação de Polinômios

Fonte: Revista RPM/46

A partir da tabela, devemos somar os termos semelhantes.

Curiosidades Matemáticas

A Matemática também diz que te amo"

Regra de Três Composta

Regra de Três Composta

Preparação para a Prova do Mérito

Problema A
21 pintores, trabalhando 8 horas por dia, pintam um edifício em 6 dias. Nas mesmas condições, quantos dias serão necessários para que 9 pintores, trabalhando 7 horas por dia, pintem o edifício?    
Resolução: Montando uma equação algébrica que exprime a dependência entre as variáveis envolvidas nos problemas:
Sejam p o número de pintores, h o número de horas que eles trabalham por dia e d o número de dias. O produto p.h.d é o número total de horas trabalhadas; logo, deve ser o mesmo nas duas situações descritas, isto é,
21.8.6 = 9.7.d ,
De onde d = 21.8.6/9.7 = 16 dias.
Regra de três (simples), direta ou inversa, não passa de uma equação algébrica.

Como poderíamos resolver este problema com a chamada “redução à unidade”?
Aguardo interações.

Problema B
Se 10 máquinas, funcionando 6 horas por dia, durante 60 dias, produzem 90000 peças, em quantos dias, 12 dessas mesmas máquinas, funcionando 8 horas por dia, produzirão 192000 peças?
“redução à unidade”
10 máquinas
6 horas por dia
60 dias
90000 peças
1 máquina
6 horas por dia
60 dias
9000 peças
1 máquina
1 hora por dia
60 dias
9000/6=1500 peças
1 máquina
1 hora por dia
1 dia
1500/60= 25 peças
12 máquinas
1 hora por dia
1 dia
12.25= 300 peças
12 máquinas
8 horas por dia
1 dia
8.300= 2400 peças

  
Então, 12 máquinas, trabalhando 8 horas por dia, fazem 2400 peças. Logo, para produzir 192000 peças serão necessários 192000/2400= 80 dias.

Como poderíamos resolver este problema montando uma equação algébrica?
Aguardo interações.

SPEC - 2011

Enviada em: terça-feira, 29 de março de 2011.

Prezados(as) Gestores(as) Regionais do Sistema de Proteção Escolar.

Informamos que foi publicada hoje a Resolução SE nº 18, de 28-03-2011, que dispõe sobre o exercício de Professor Mediador Escolar e Comunitário.

Em atenção às dificuldades observadas para preenchimento de vagas em algumas Diretorias de Ensino, a referida resolução flexibiliza a carga horária do projeto e prevê duas possibilidades de atribuição:

1. Docentes que já possuem até 8 aulas regulares poderão atribuir 30 horas semanais (25 + 2 + 3) como PMEC, respeitando o limite máximo de 40 horas semanais;

2. Docentes que já possuem de 9 a 13 aulas regulares poderão atribuir 24 horas semanais (20 + 2 + 2) como PMEC, respeitando o limite máximo de 40 horas semanais.

As categorias e condições docentes que podem atribuir o projeto permanecem inalteradas, conforme Resolução SE nº 01/2011: titulares adidos, readaptados e OFA F (aprovados e reprovados).

As Unidades Escolares que tenham Professores que possam vir a ocupar esta função devem solicitar aos mesmos, se dirigirem a Oficina Pedagógica com Curriculum Vitae e Carta de Motivação.  Lembrando que a Instrução Conjunta CENP/DRHU, de 27/01/2011, deixa claro a importância da análise do perfil do professor (observar o item 5).

PCOP Lúcio Mauro Carnaúba, e-mail: luciocarnauba@ibest.com.br e telefone: 2284-8139.
Supervisora Ivete Leandro Rodrigues     

Materiais Diversos para Educação Especial

35 Sorobans adaptados para cegos;

01 Sorobans para uso do professor;  

06 Regletes com prancha e

01 Código Matemático Unificado para a Língua Portuguesa.  

segunda-feira, 28 de março de 2011

Frações através de Palavras

Seqüência Didática


Objetivos: Através de uma palavra inteira podemos subtrair vogais e consoantes uma a uma sucessivamente e obter novas palavras obedecendo a algumas regras de formação. Possibilitando que este tipo de atividade seja explorada por diferentes disciplinas da Área de Humanas e em Matemática especificamente no Ensino Fundamental no conteúdo Frações, parte todo. 

Conteúdos: Frações, Parte Todo.

Anos: 5º., 6º., 7º. e  8º. Séries.  

Tempo Necessário: Quatro Aulas.

Material Necessário: Papel quadriculado ou régua e lápis.

Desenvolvimento:

·         Estabelecer juntamente com os alunos algumas regras para aplicação desta atividade;
·         Oferecer esta atividade aos alunos como um desafio ou mesmo como um jogo;     
·         Deixar claro nestas regras estabelecidas que: ao subtrair vogais e consoantes as palavras obtidas devem fazer sentido na nossa língua materna, não devem ser substantivos próprios ou apelidos, com duas palavras devemos observar preposições e com uma única letra observar artigos definidos;
·         O Professor de Matemática deve conduzir a apresentação desta atividade deixando claro a intenção de ter como inteiro a palavra escolhida pelo aluno e as palavras subseqüentes devem ser na ordem que são subtraídas as frações menores que esse todo;   
·         Possíveis questionamentos do Professor:
·         Devemos propor inicialmente esta atividade a partir de um modelo ou sugestão? Penso que como se trata de uma atividade diferenciada devemos conduzir esta atividade como uma estratégia de jogo ou mesmo um desafio realizável;
·         A palavra CORAÇÃO chama a atenção dos alunos pela possibilidade de leitura desta na horizontal e vertical;   


Observação: Os professores de Português e Matemática podem trabalhar em conjunto utilizando o Dicionário.    




          

   

Conteúdos 8o. Série/2o. Bimestre

Orientações para a Recuperação dos Alunos da 8º. Série



Série
Bimestre
Expectativas de Aprendizagem
Situação de Aprendizagem 1
Atividades Propostas para a Recuperação Paralela e Contínua
8º.
2º.

Alguns métodos para resolver equações do 2º. grau






8º.
2º.
Expectativas de Aprendizagem
Situação de Aprendizagem 2
Atividades Propostas para a Recuperação Paralela e Contínua   
8º.
2º.

Equações de 2º. grau na resolução de problemas 






8º.
2º.
Expectativas de Aprendizagem
Situação de Aprendizagem 3
Atividades Propostas para a Recuperação Paralela e Contínua  
8º.
2º.

Grandezas proporcionais: estudo funcional, significados e contextos






8º.
2º.
Expectativas de Aprendizagem
Situação de Aprendizagem 4
Atividades Propostas para a Recuperação Paralela e Contínua
8º.
2º.

Representação gráfica de grandezas proporcionais e de algumas não proporcionais




* Consultar os E.M. (Experiências Matemáticas) da 8º. Série.   

Conteúdos 7o. Série/2o. Bimestre

Orientações para a Recuperação dos alunos da 7º. Série do 2º. Bimestre



Série
Bimestre
Expectativas de Aprendizagem
Situação de Aprendizagem 1
Atividades Propostas para a Recuperação Paralela e Contínua   
7º.
2º.

Aritmética com Álgebra – As letras como números
Atividades com padrões e generalizações. Valorizando a validação através do registro dos alunos e utilizando tabelas como sugestão de trabalho.  





7º.
2º.
Expectativas de Aprendizagem
Situação de Aprendizagem 2
Atividades Propostas para a Recuperação Paralela e Contínua  
7º.
2º.
 
Produtos Notáveis – Significados Geométricos






7º.
2º.
Expectativas de Aprendizagem
Situação de Aprendizagem 3
Atividades Propostas para a Recuperação Paralela e Contínua
 7º.
2º.


Álgebra: Fatoração e Equações    
   





7º.
2º.
Expectativas de Aprendizagem
Situação de Aprendizagem 4
Atividades Propostas para a Recuperação Paralela e Contínua
7º.
2º.

Aritmética e Geometria – Expressões Algébricas de algumas idéias fundamentais



·         É interessante pesquisar as Atividades dos E.M. (Experiências Matemáticas) da 7º. Série e
·         O título publicado pelo CAEM: Álgebra: das variáveis às equações e funções, de “Elaine Reame de Souza e Maria Ignez S.V.Diniz” (1994).